sábado, 30 de julho de 2016

Livro As crônicas de Narnia- o leão a feiticeira e o guarda-roupa (CS.Lewis)

Livro As crônicas de Narnia- o leão a feiticeira e o guarda-roupa (CS.Lewis)




Quatro crianças - Lucy, Pedro, Susan e Edmund entram Nárnia através de um guarda-roupa. Narnia é um mundo mágico onde há animais falantes e a Feiticeira Branca, que se autoproclama rainha daquele mundo. Ela faz com que seja sempre inverno em Narnia. Os quatro irmãos entram em momentos diferentes. Lucy entra pela primeira vez e encontra o Fauno que tenta raptá-la por causa da feiticeira que ordenou que entregassem humanos a ela caso vissem algum em Narnia. Edmund, que entra depois, encontra a Feiticeira Branca e pensa que ela é gentil e atenciosa, só para depois descobrir que ela é uma mulher cruel, malvada e não confiável. Susan e Pedro entram juntos e encontram Lucy e Edmund. Eles veem o Sr. e a Sra Castor, que os convida para almoçar em sua casa de campo. Durante o almoço, eles percebem que Edmund (que tinha brigado com os irmãos e estava irritado com os outros três) tinha deixado a cabana para unir forças com a Feiticeira Branca. Edmundo acreditava que a feiticeira iria fazê-lo príncipe de Narnia. Os castores, juntamente com as três crianças partiram em uma longa e perigosa jornada para encontrar Aslan - o Rei e Senhor de Narnia - e resgatar Edmund. Juntos, eles unem forças com o exército de Aslan para pelejar contra a Feiticeira Branca.
Melhor trecho:
“O exército de Pedro – de costas para ela – parecia uma brincadeira. E havia estátuas espalhadas por todo o campo de luta: a feiticeira certamente usara sua varinha. Mas agora ela lutava com o grande facão de pedra. E era com Pedro que lutava, os dois com tal fúria, que Lúcia mal conseguia ver o que se passava. Só via o facão e a espada cruzarem-se com grande rapidez como se fossem três facões e três espadas. Os dois estavam no meio exato do campo de batalha. De um lado e outro, as fileiras dos combatentes. Não havia lugar onde os olhos não vissem coisas de arrepiar”.

Eu amei como Lewis havia criado Narnia, uma terra de criaturas mágicas e aventura. Eu gostava de Lucy, porque ela é uma menina curiosa, verdadeira e de bom coração. Este livro me ensinou uma lição importante: que as aparências podem enganar. Lewis tem um estilo de escrita claro e vívido, o que torna mais fácil para o leitor permanecer absorto. Agora entendo por que O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa é um clássico infantil. É uma leitura obrigatória para todos nós!



#Compartilhar
Traduzido Por: Mais Template - Designed Seo Blogger Templates