sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Segredos e paixões - uma das obras literárias mais polêmicas do Brasil.

Segredos e paixões - uma das obras literárias mais polêmicas do Brasil.




 Segredos e paixões: escolhas para toda a vida- uma das obras literárias mais polêmicas do Brasil.

O livro “segredos e paixões: escolhas para toda a vida” é um dos típicos romances de drama e conflitos pessoais. A obra, escrita em terceira pessoa, tem momentos de suspense também. O tema da obra é escolhas. Várias personagens da trama passam por dilemas e fazem escolhas diante das situações. Alguns decidem lutar por sua alma gêmea mesmo que tenham que enfrentar os preconceitos da sociedade. Outros tem a chance de construir uma nova vida e agarram a oportunidade com todas as forças. Algumas personagens pagam o preço para ter sucesso na carreira.

O livro trata de alguns temas polêmicos como aborto, gravidez na adolescência, casamento gay, intolerância, etc.

O romance é centrado em dois jovens irmãos, Olga e Adônis, que moravam com o pai deles cujo nome era Álvaro Kowalski. Olga era mais ou menos 3 anos mais velha que Adônis.
Os dois irmãos eram frutos dos dois relacionamentos anteriores de Álvaro Kowalski. Adônis e sua irmã não foram criados juntos no início da infância deles. Olga só viu seu irmão pela primeira vez quando ele já tinha nove anos de idade, na época em que a mãe de Adônis o deixou sob os cuidados do Sr. Kowalski para fazer uma viagem aos Estados Unidos. Depois de 3 anos de ausência da mãe de Adônis, o garoto decidiu morar com seu pai definitivamente. Depois de alguns anos, o irmão de Olga começa a desenvolver uma paixão incestuosa por sua meia-irmã, mas ele escondeu isso de toda a família, pois temia que ela se afastasse de seu irmão por causa disso. Olga nunca o amaria de outra maneira. Adônis planejava levá-la para outra cidade a fim de torná-la sua prisioneira. A única pessoa que sabia sobre esse segredo era Monique, a amante e confidente de Adônis.
Além disso, o irmão de Olga guardava outro segredo sombrio que era relacionado ao padrasto dele chamado Benedito.
O livro começa com um prólogo onde há uma cerimônia de sepultamento. Nessa abertura, Álvaro Kowalski está em um cemitério com algumas pessoas. Ele chorava enquanto funcionários da funerária estavam despejando terra na sepultura. Uma mulher chamada Inês tentava consolá-lo com palavras confortadoras. Álvaro dizia que aquela tragédia não teria acontecido se ele não tivesse sido negligente para com sua família. Parece que um dos filhos do Sr. Kowalski estava morto e os coveiros enterravam um deles naquele momento, mas não se sabe qual.
Meses antes daquele enterro, Álvaro e seus dois filhos se mudam para uma casa que ficava em um bairro pobre. Chegando lá, Olga conhece um rapaz chamado Bóris que morava na residência que ficava ao lado da nova casa dos Kowalski. Ela se apaixona por Bóris. É aí que o azar de Adônis começa. Até então, Olga nunca teve interesse romântico por ninguém.
Bóris era apaixonado por uma jovem chamada Eulália que morava em uma casa que ficava na mesma rua, mas ele não era correspondido por ela.
Olga se matricula em uma escola que ficava perto da nova casa. Quando ela foi ao colégio no primeiro dia de aula, a moça encontra Bóris na mesma sala onde eles estudariam. Ambos estavam matriculados no último ano do ensino médio. Um rapaz chamado Cosme que estudava na mesma turma se sentiu atraído por Olga.
A irmã de Adônis guardou o que sentia por Bóris, pois desejava conhecer melhor seu amado. Entretanto, ela descobriu que Bóris estava apaixonado por Eulália. Olga decidiu enviar cartas anônimas ao seu amado como uma admiradora secreta.
O Sr. Kowalski contratou uma empregada doméstica chamada Quitéria que passou a morar na casa deles. Algum tempo depois, Quitéria descobriu a paixão incestuosa de Adônis quando o viu em uma atitude suspeita. A empregada o confrontou depois disso e ele confessou o que sentia por Olga. Logo após, ele ameaçou Quitéria para forçá-la a guardar esse segredo. Por isso, a empregada decidiu não contar sobre isso a mais ninguém. Quitéria tinha medo de perder o emprego e não conseguir mais outro trabalho.
No decorrer dos meses, a relação entre Adônis e a empregada se torna muito sinistra e tensa.
Certo dia, o padrasto e a mãe de Adônis chegam à cidade durante um feriado de carnaval e decidem ir à casa dos Kowalski. Chegando lá, Álvaro os convida para cear. Adônis ficou em choque quando viu Benedito. Durante o jantar, o irmão de Olga ficou mudo e seu olhar parecia perdido. O padrasto de Adônis começou a ter recordações da época em que ele conviveu com seu enteado. Nessa parte, vemos lembranças horríveis de se descrever.
Ao mesmo tempo, outras personagens da trama passam por outros tipos de conflitos. Inês, mãe de Eulália, começa a namorar um colega de trabalho chamado Gabriel que decide enfrentar a oposição de sua futura enteada. Eulália era contra o novo relacionamento de sua mãe e não escondia seu ódio por Gabriel.
Evandro, pai de Bóris, era viúvo há 10 anos e estava apaixonado por uma vizinha chamada Zuleica. Evandro tentava marcar encontros com ela, mas sempre recebeu um não da parte de sua amada. Ele desejava que Zuleica se tornasse sua namorada um dia. A mulher por quem ele estava apaixonado adorava boates e se deitava com homens desconhecidos.
Zuleica tinha um filho adolescente chamado Matias que nunca conheceu o homem que o gerou. Mais tarde, ela descobriria que seu filho tinha uma doença muito grave e essa provação a transformaria em um ser humano melhor.
Álvaro Kowalski tinha um caso com Brígida, a executiva da empresa onde ambos trabalhavam. A amante do Sr. Kowalski era casada com o Henrique, herdeiro da corporação. Nos capítulos finais, ela terá que escolher duas opções: fugir com Álvaro ou permanecer ao lado de Henrique, um homem que a maltratava.
Uma gangue de quatro rapazes que morava perto da casa dos Kowalski fazia bulling contra um vizinho chamado Honório, arruaça na rua, assaltos e outros atos de crueldade. Os quatro delinquentes tinham ideias racistas. Os quatro até chagaram a fazer atentados à bomba contra grupo de ativistas que estavam comemorando o dia da consciência negra.
Cosme, um dos pretendentes de Olga, começou a desconfiar que sua amada estava a fim de outro cara. Ele a seguiu até a floricultura e descobriu que a garota enviava cartas para alguém. Ele não conseguiu descobrir quem as recebia, pois a funcionaria se recusou a dar informação.   Então, ele decide usar Oséias, seu irmão mais velho, para investigar o destino das cartas.
Irene e Edgar, os pais de Cosme e Oséias, viviam juntos há 27 anos. Era uma família tradicional. Entretanto, nem tudo era perfeito. Edgar escondia um segredo que a família dele só descobriria depois que Irene segue seu marido até um local da cidade. Há uma lição no drama que envolve Edgar: as aparências enganam.
Um grupo criminoso comandado por Teodoro foi acusado de ser o autor de assassinatos em série que começam a ocorrer na cidade. Todas as vítimas possuíam dividas para com os traficantes de drogas e sofriam ameaças de morte por parte desse grupo de criminosos. A primeira vítima foi Alexia, uma vizinha dos Kowaski. A polícia desconfiou de Honório, um dos moradores do condomínio, pois ele sofria bulling por parte de Alexia e a ameaçou de morte certa vez. Além disso, Honório já havia sido preso por ter matado alguma pessoas no passado. Depois que outras vítimas mortas do assassino em série apareceram, o grupo de traficantes se tornou o principal suspeito. Teodoro fugiu de um antigo esconderijo quando ele soube que era um dos suspeitos da morte de Alexia.
Um dia, Bóris descobriu que Olga era a pessoa que mandava as cartas românticas e decidiu pedir para a jovem ser sua namorada. Ela aceitou o pedido de Boris na mesma hora. Ele ainda não a amava da mesma forma, mas não queria dar o mesmo desprezo que ele sempre recebeu de Eulália. O jovem romântico não deixaria essa oportunidade escapar de suas mãos. Bóris recebeu uma chance de encontrar sua alma gêmea pela primeira vez e ele a agarrou com todas as suas forças. Mais tarde, Bóris descobriria que teria que enfrentar o duelo mais difícil de sua vida para ficar ao lado de Olga e a luta que ele travaria seria com Adônis.
O filho do Sr. Kowalski decide convidar Bóris para conversar no bar. No local, o irmão de Olga lhe revelou que desejava a meia-irmã e pediu para que o seu rival terminasse o namoro. Bóris se recusou a romper o relacionamento. Adônis fez ameaças ao seu rival que decidiu guardar o tal segredo por medo. Depois disso, Adônis continuou fazendo ameaças ao namorado de sua irmã.
Um dia, Boris e Olga se beijaram durante uma viagem de balsa no meio de um lago ao pôr do sol. Era o primeiro beijo do casal. Naquele momento, Bóris percebeu que a amava da mesma maneira que ela o deseja. Ele já havia apagado Eulália do coração dele.
Depois da formatura, Bóris pediu a mão de Olga em casamento e arrumou um emprego logo em seguida para poder alugar uma casa. Ele tinha certeza que queria viver com ela para sempre. Além disso, Bóris queria salvar Olga das mãos de Adônis o quanto antes.
A família de Bóris começou a questionar essa pressa do jovem de se casar.
O filho do Sr. Kowalski entrou em contato com dois assassinos de aluguel e um piloto para pôr seus planos em ação. Na véspera do casamento de Olga e Bóris, o sagaz Adônis sequestrou o noivo de sua irmã com a ajuda dos pistoleiros.
Adônis amarrou uma bomba no corpo de Bóris quando chegaram ao cativeiro. O explosivo foi programado para estourar se alguém o removesse.
Olga recebe um telefonema anônimo onde uma voz disse que Bóris havia sido sequestrado e que ela deve ir a um endereço para se encontrar com sequestradores. Ela ficou apavorada naquele instante e contou sobre o telefonema para Quitéria. A empregada se lembrou de algumas ameaças de Adônis. Então, a empregada contou o segredo a Olga. A jovem ficou em choque naquele momento. Olga telefonou para Evandro e Álvaro a fim de informá-los sobre o sequestro. Logo após, a jovem foi ao encontro dos sequestradores.
A garota chegou ao cativeiro junto com os dois pistoleiros que foram contratados por Adônis e ficou horrorizada quando viu seu irmão. Ela entendeu tudo naquele instante.
Adônis levou Bóris para a sala onde a jovem estava. O filho do Sr. Kowalski fez uma proposta: se Olga aceitasse ser a amante de Adônis, a vida de Bóris seria poupada.
Ela aceita o acordo para salvar a vida de seu noivo. Bóris ficou desesperado e tentou convencê-la a desistir do acordo. Mas Olga não voltou atrás em sua decisão.
Depois disso, ocorre uma tragédia que envolve Bóris, Olga, Adônis e os dois pistoleiros. O final nos deixa uma lição: as escolhas tem um preço.

“Segredos e paixões: escolhas para toda a vida” é um bom livro que retrata os dramas pessoais de forma poética. 

Há momentos de tensão em alguns capítulos como os assassinatos em série. Talvez a personagem mais complexa do romance seja Adônis, pois ele tem mais segredos sombrios e traumas do que outras personagens do livro. A obra não é indicada para menores de 16 anos por conter trechos muito fortes.

Melhor parágrafo:
Gabriel contratou pedreiros para construir dois quartos para abrigar filho dele que nasceria em poucos meses e Herbert, o neto de Inês. Gabriel percebeu que a sua vida já não era mais vazia e solitária.
Melhor Quote
Bóris estava sentado em uma poltrona dentro do quarto. Ele fazia cálculos de física em seu caderno. Quando Bóris pegou um livro que estava em cima do criado-mudo, uma foto que estava entre as páginas caiu no chão. O rapaz se abaixou para pegar a foto. Era uma fotografia de Eulália. Nesse momento, Bóris observou aquele retrato e começou a se lembrar do beijo de Olga. Depois de alguns minutos, o rapaz deixou a foto em cima do criado-mudo. Então, ele foi à cozinha. Chegando ao local, ele pegou uma caixa de fósforos e um prato. Em seguida, ele voltou para o quarto. Ele deixou a fotografia em cima do prato e riscou um palito de fósforo. Ele ateou fogo à fotografia. Em poucos minutos, aquele pedaço de papel virou cinzas. O amor que ele sentiu por Eulália ficou no passado.


Compre o livro em formato digital na Amazon ou leia gratuitamente pelo kindle unlimited. O ebook custa até 10 reais. Em breve, o livro será disponibilizado em formato impresso.

Dados técnicos:
Obra: segredos e paixões- escolhas para toda a vida
Autora: Beatriz Field
ISBN: B01AR677BG
Edição: 1
Ano: 2015
Editora: Independente
Páginas: 700

#Compartilhar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed Seo Blogger Templates