quarta-feira, 3 de agosto de 2016

X-Men origens: Wolverine- crítica

X-Men origens: Wolverine- crítica




"X-Men Origens: Wolverine" finalmente responde à pergunta ardente que foi deixada perdurada depois de todos os três filmes anteriores: a origem de "Wolverine. Ele tem cerca de 175 anos de idade. Logan aparentemente parou de mudar quando ele atingiu a idade adulta, e nem ele, nem nós, descobrimos como ele desenvolveu uma mutação tão interessante.

Seu meio-irmão era Victor (Liev Schreiber). Sua história começa em "1840 - Territórios do Noroeste do Canadá,". Você precisa saber que Logan e Victor se tornaram americanos (ainda antes que pudessem ser canadenses) e lutaram lado a lado na Guerra Civil americana, Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra Mundial e Vietnã. Por que eles fizeram isso, eu não tenho idéia. Talvez eles só se divertiram.

Expulso do Exército no Vietnã, Logan / Wolverine se juntou a uma unidade que estava sob o comando do general Stryker (Danny Huston), até que finalmente, na Nigéria, Logan se encheu das atrocidades. No entanto, ele foi recrutado por Stryker para um plano secreto para criar o Mutante dos Mutantes que incorporaria todos os poderes mutantes disponíveis, incluindo os do garoto cujos olhos são como feixes de laser.

Logan nunca diz nada espirituoso, perspicaz ou muito inteligente; suas declarações estão limitadas a vocalização das forças primitivas: raiva, mágoa, vingança, amor, ódio, determinação. Não há um cisco de ambiguidade.

Ele tem uma vulnerabilidade de interessante? Tenho certeza de que estudiosos dos X-Men possam dizer que uma vez que ele tem o dom de cura instantânea, é difícil de identificar uma franqueza. Quando um homem pode saltar de um caminhão explodindo, agarrar-se a um helicóptero de ataque, cortar as pás do rotor e derrubá-lo no chão (clichê antigo: pode haver uma explosão de fogo atrás dele, mas o cara não parece perceber isso). Aqui está o que eu penso: Por que eu deveria me importar com esse cara? Ele não sente dor e nada pode matá-lo, portanto, ele é essencialmente um dispositivo de história para sequências de ação.

Oh, o filme é bem-feito. Quando você faz um grande sucesso de bilheteria para a maioria fãs, você bateu o grande momento. Olhe para Justin Lin com "velozes & Furiosos".

Tais filmes são conjuntos de eventos. Há pouco diálogo, exceto para o rosnar de ameaças, xigamentos e lamentos. Nada aqui sobre a natureza humana. Nenhuma personalidade emocionante. Não há lições a aprender. Nenhuma alegria de ser experimentada. Caos apenas, ruído e imagens bonitas.

Mas espere! -- você diz: não, "X-Men Origins", pelo menos, fornece uma experiência de aprendizagem sobre as origens de Wolverine? Risada vazia. Porque nós sabemos que o Wolverine moderno tem uma forma de amnésia, ele não pode ser um spoiler para mim. No final de "X-Men Origins: Wolverine", ele se esquece de tudo o que aconteceu no filme. Homem de sorte!


trailer do filme 



#Compartilhar
Traduzido Por: Mais Template - Designed Seo Blogger Templates