quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Filme Sonâmbulos: um filme de terror sobre complexo de Édipo

Filme Sonâmbulos: um filme de terror sobre complexo de Édipo




"Sonâmbulos” de Stephen King é um filme de terror que retrata uma família em que mãe e filho pertenciam a uma raça de homens felinos.

Momentos antes de ela mata um policial com um sabugo de milho arrancado de um prato de jantar, Mary Brady (Alice Krige), um demônio em forma humana, profere as palavras: "Sem verduras, sem sobremesa!" ela rosna. "Essas são as regras."





Mary e seu filho Charles (Brian Krause) chegam na pequena cidade de Travis. Tanto a mãe e filho são Sonâmbulos, criaturas condenadas a alimentar-se da força da vida de belas mulheres jovens para se manter vivos. Os dois também são amantes. Antes de enviar seu filho para encontrar uma jovem vítima fresca, Mary seduz Charles para dançar com ela a sua canção favorita, "Sleep Walk" (o que mais?), de 1959.

"Eu sou bonita?" ela pergunta para o filho. "Você está sempre linda, Mãe", ele responde. "Eu estou faminta", ela lembra. Pálida e magra, com olhos brilhantes e um giro provocador, Krige é uma encarnação Hollywood previsível de um pesadelo freudiano.






Tanya Robertson (Mädchen Amick), a colega de Charles, foi seleciona para ser sua próxima vítima. É uma espécie de alma gêmea. Tanya gostava de fotografar lápides, que lugar melhor para um primeiro encontro com Charles que o cemitério local? Mas no meio de um beijo, o romance se transforma em horror.











O filme está cheio de felinos. Parece que as únicas coisas dos quais Sonâmbulos tem medo são gatos. É por isso que o jardim da frente Brady está repleto deles.

O desfecho é decepcionante. "Sonâmbulos" é inapropriado para crianças. Ele inclui cenas de nudez, sexo e violência. Este é um filme muito assustador.


#Compartilhar
Traduzido Por: Mais Template - Designed Seo Blogger Templates